Cristina Canepa

​Nasceu,vive e trabalha em São Paulo, formou-se em Publicidade e Propaganda na Fundação Armando Alvares Penteado.

A partir de 2007 desenvolve intensa produção visual – desenhos, gravuras, montagens fotográficas, pinturas – que se sucedem em séries grandes em número e tamanho, expondo muitas delas em galerias e instituições em mostras individuais e coletivas.

As linhas, sobretudo na pintura de Cristina, parecem ser elementos gráficos autônomos, geradoras mais de clima do que de forma, imiscuídas às manchas em contrastes de carvão e cor.

​Frequentou e frequenta ateliês  de renomados mestres que vêm contribuindo para seu continuado aprimoramento artístico – Evandro Carlos Jardim, Sérgio Fingermann, Paulo Pasta entre outros.

​Amazônia, aliás, é ponto de inflexão em sua trajetória: região há 15 anos visitada varias vezes, surge primeiro como paisagem (2011) da qual mais se aproxima e na qual mais se penetra – até encostar  no tronco da árvore (2017) – e mais se aprofunda – até revolver as camadas de folhas caídas (2019). Sempre dentro de um mesmo ecossistema. 

“O ato de pintar se torna o próprio conteúdo da pintura”

Individuais

Out/2017-    Galeria Cultura - Shopping Iguatemi

Out/2016 -   Atelier Galeria Priscila Mainieri

Julho a Dezembro/2014 – Museu Felícia Leirner

Abril/2014 -  Clube Atlético Paulistano

Aulas aplicadas - Laboratório de Desenho

Janeiro/2015 - Museu Felícia Leirner

Agosto/2014  3º Colegial - Escola Estadual Dona Albertina - Campos do Jordão

Cristina Canepa

Born, living and working in São Paulo, she graduated in Advertising and Propaganda from Fundação Armando Alvares Penteado.

Since 2007, she has developed intense visual production - drawings, engravings, photo montages and paintings - that follow each other in large series in number and size, exposing many of them in galleries and institutions in individual and collective shows.

The lines, especially in Cristina's painting, seem to be autonomous graphic elements, generators more of climate than form, immiscible to the spots in contrasts of coal and color.

She attended and attended studios of renowned masters who contributed to her continuous artistic enhancement -  Evandro Carlos Jardim, Sérgio Fingermann, Paulo Pasta among others.

The Amazon, in fact, is a point of inflection in its trajectory: a region that for 15 years , revisited many times, comes up  first as landscape (2011) of which she approximates  and of which she penetrates  - until touching the trunk of the tree (2017) and deepens herself more - until revolving the coats of fallen leaves  (2019). Always  inside the same ecosystem.

"The Act of painting becomes the content of the painting"​


Singles

 

Oct/2017-Cultura Gallery - Iguatemi Shopping

Oct/2016-Atelier Gallery Priscilla Mainieri

July to December/2014 – Felicia Leirner Museum

April/2014-Clube Atlético Paulistano
 

 
Applied Classes-Drawing lab

January/2015-Felicia Leirner Museum
August 2014 3rd high school-Escola Estadual Mrs. Albertina -Campos do Jordão

Na Midia.

IMG_5303.PNG

IMG_5303.PNG

IMG_5076[1].JPG

IMG_5076[1].JPG

IMG_4290.PNG

IMG_4290.PNG

IMG_6128[1]_edited.JPG

IMG_6128[1]_edited.JPG

Metro_12.jpg

Metro_12.jpg

IMG_4176.PNG

IMG_4176.PNG

IMG_3999.PNG

IMG_3999.PNG

IMG_3996.PNG

IMG_3996.PNG

IMG_3998.PNG

IMG_3998.PNG